ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, SÁBADO  22    CAMPO GRANDE 31º

Boa Imagem

Sabotadores de imagem no mercado de trabalho

O que você demonstra através do que você veste?

Por Larissa Almeida (*) | 11/01/2022 10:00

Há um velho ditado que diz “Vista-se para o trabalho que você quer ter, e não para o que você tem”. Se você acredita que a aparência profissional não é de fator importante e o que vale mesmo é apenas a competência, tente rever seus conceitos. Além disso, quando achamos que estamos bem-vestidos, conquistamos melhores resultados porque nos tornamos mais confiantes.

Pesquisa feita por Michael W. Kraus, professor assistente de comportamento organizacional na Yale School of Management, e publicada pelo The Wall Street Journal, mostrou que pessoas que se vestem bem são mais competitivas e demonstram melhor desempenho nas tarefas.

O estudo colocou 128 homens com idades entre 18 e 32 anos, origens e níveis de renda diversos, em negociações simuladas de compra e venda para verificar se o uso de tipos específicos de roupas afetava os resultados. Os que se vestiram com calças de moletom e sandálias de plástico tiveram um lucro médio teórico de US $ 680.000, enquanto o grupo que vestiu terno obteve um lucro médio de US $ 2,1 milhões.

Os vestidos mais casualmente tendem a recuar mais facilmente do outro lado da mesa, diz o estudo. Os vestidos mais formalmente se tornam cientes do respeito que estão recebendo e, também, se tornam mais fortes, de acordo com Kraus.

A imagem profissional compreende os aspectos da aparência, comportamento e comunicação e conseguem representar a sua personalidade e competência no ambiente de trabalho. Sua aparência, reputação, conhecimento, postura e mentalidade afetam a forma que os outros te enxergam.

Vestir-se e se comportar de acordo com o cargo que se ocupa conta muitos pontos para o profissional. Além disso, a falta de uma boa imagem dos colaboradores pode influenciar de maneira negativa na credibilidade e na avaliação da empresa para os concorrentes e para os clientes.

Os Sabotadores de Imagem

Existem alguns códigos visuais que transmitem credibilidade e profissionalismo e outros que transmitem desleixo ou sensualidade, por exemplo. Mesmo em profissões ou empresas mais informais, alguns tipos de vestimenta devem ser utilizados com cuidado.

O que sugiro evitar na vestimenta para o trabalho: roupas muito justas, amassadas ou desgastadas, decote abaixo da linha das axilas, alça do sutiã ou a lingerie aparecendo.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Blusas regatas para homens e de alças muito finas para mulheres, saias curtas, shorts, calças jeans com rasgos ou muita lavagem e sapatos como chinelos, rasteiras e tênis de academia. Cuidado também para a limpeza diária dos calçados que usa no trabalho.

E se usar uniforme, verifique se está em boas condições de conservação, se está limpo e bem passado e o combine com sapatos/calças adequados ao ambiente de trabalho.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Principalmente nas áreas que lidam com atendimento ao público, usar as vestimentas acima podem transmitir mensagens erradas e criar barreiras de comunicação.


Todos nós buscamos ser reconhecidos no mercado de trabalho pelas nossas competências e habilidades, e se vestir de acordo com o ambiente e o cargo que ocupa vai te ajudar a transmitir essas mensagens corretamente.

(*) Larissa Almeida é formada em Comunicação Social pela UFMS e pós-graduada em Influência Digital pela PUC-RS. Trabalhou durante 14 anos na área de comunicação e imagem em importantes instituições como Caixa Econômica Federal, Prefeitura de Campo Grande, Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, Senado Federal, além de ter coordenado a comunicação da Sanesul. Consultora de imagem formada pelo RML Academy e Centro Universitário Belas Artes de São Paulo. Especialista em Dress Code e comportamento profissional por Cláudia Matarazzo e RMJ Treinamento e Desenvolvimento Empresarial.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário