ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, SEGUNDA  27    CAMPO GRANDE 18º

Capital

Vídeo mostra empresário sendo executado a tiros na Avenida das Bandeiras

Motociclista foi atingido por bala perdida quando passava pelo local; ele não resistiu e morreu

Por Dayene Paz e Bruna Marques | 27/05/2022 08:51

Câmera de segurança flagrou o momento em que o empresário Luiz da Conceição Tierre, de 36 anos, é executado a tiros na Avenida das Bandeiras, em Campo Grande, na manhã desta sexta-feira (27). Um motociclista, que não aparece nas imagens, também foi atingido por uma bala perdida e morreu a 60 metros do lava-jato de Luiz. Ele seguia para o trabalho.

As imagens mostram que o empresário está de costas mexendo no celular, um funcionário manobrando carro de um cliente e há uma terceira pessoa no vídeo, aparentemente mexendo em uma faixa. Em determinado momento, um homem de camiseta vermelha aparece no vídeo e efetua um disparo contra Luiz, que consegue correr.

O empresário ainda vai até a Avenida das Bandeiras, mas é perseguido e atingido por mais tiros. Uma mulher sai do lava-jato quando ouve os tiros e fica em desespero. Quando o atirador retorna, ela entra no estabelecimento e sai com uma arma de fogo na mão. A partir daí, não há informações se ela chega a atirar contra o suspeito.

O caso - Luiz da Conceição é dono de um lava-jato e foi assassinado com tiro na cabeça na manhã desta sexta-feira (27), quando chegava para trabalhar na Avenida das Bandeiras, com a Rua Bom Sucesso, Jardim Jockey Club, em Campo Grande.

Próximo dali, a 60 metros de distância, um motociclista também foi encontrado morto. Adriano Medeiros Pereira, de 33 anos, era eletricista e passava no local no momento, quando foi atingido por uma bala perdida, conforme a polícia.

Testemunhas contaram ao Campo Grande News que o atirador aguardava a chegada do empresário em uma moto junto com um comparsa. "O alvo era o proprietário do lava-jato. Tudo indica que o motociclista apenas passava pelo local", explicou.

Além da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, a perícia e Polícia Civil estiveram no local. Conforme o delegado Rodolfo Daltro, da 5ª Delegacia de Campo Grande, dentro do lava-jato, tinha uma pistola 380, sem registro, que foi apreendida.

A esposa do empresário afirmou para a polícia que desconhece qualquer desentendimento ou ameaça envolvendo o esposo.

Nos siga no Google Notícias