ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SÁBADO  13    CAMPO GRANDE 17º

Capital

Vacinação contra a gripe está liberada para população em geral a partir de hoje

Campanha foi ampliada para qualquer indivíduo acima dos seis meses de idade

Por Guilherme Correia | 27/06/2022 07:29
Jovem é vacinado contra a gripe, em Campo Grande. (Foto: Kísie Ainoã)
Jovem é vacinado contra a gripe, em Campo Grande. (Foto: Kísie Ainoã)

A vacinação contra a influenza, vírus causador da gripe, está aberta em Campo Grande a partir desta segunda-feira (27) para todas as pessoas a partir de seis meses de idade.

Conforme a SES (Secretaria Estadual de Saúde), o Estado registra 92 mortes por esta doença, neste ano. Dessas, 76 foram de pacientes da Capital. Na sequência, os municípios com mais vítimas foram Ponta Porã (24), Dourados (20) e Corumbá (15).

Segundo a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), o imunizante antigripal estará disponível nas 72 unidades de saúde, entre 7h30 e 10h45, pela manhã, e de 13h às 16h45, durante a tarde.

A dose disponível no SUS (Sistema Único de Saúde) protege contra três dos principais vírus circulantes, o H1N1, H2N3 e influenza B.

Conforme antecipado pelo Campo Grande News, a campanha nacional de vacinação contra a gripe e sarampo termina  - cuja aplicação em grupos prioritários terminou na sexta-feira - seria ampliada hoje, em Campo Grande, por conta da baixa cobertura.

A SES também informou que cada município é responsável por sua estratégia. Já o Ministério da Saúde tinha permitido a liberação desde sábado (25), enquanto durarem os estoques.

Segundo dados do governo federal, 1.068.980 doses de vacina contra a gripe foram distribuídas em território sul-mato-grossense, das quais 485.692 foram aplicadas. O público-alvo estimado é de 1.048.221 pessoas - ou seja, a cobertura vacinal foi de menos da metade.

Estão inclusos crianças, trabalhadores da saúde, gestantes, puérperas, indígenas, idosos e professores. Já em relação à Capital, são 295.280 pessoas estimadas e 109.827 imunizantes foram aplicados - cerca de 37,2%.

Em publicação no site oficial de notícias do governo, o secretário estadual de Saúde, Flávio Britto, afirmou que o índice de vacinação contra a influenza esperado é de 90%. “Nós precisamos que a população se vacine, principalmente, que os idosos procurem as unidades de saúde para se imunizar.”

Nos siga no Google Notícias